Treini

É um exoesqueleto flexível que o paciente deve vestir enquanto realiza o treinamento funcional diário. O Treini tem o objetivo de proporcionar mais independência e autonomia tanto para crianças como para adultos que sofreram algum tipo de lesão ou disfunção no sistema nervoso central.

Esse é um tratamento de longo prazo que traz benefícios duradouros aos pacientes, uma vez que, ao longo de três anos, o tecido conjuntivo corporal é completamente renovado. Apesar da longa duração, após doze semanas de tratamento já é possível perceber ganhos nas atividades motoras. O Treini contribui para a remodelação tecidual, a melhora da estabilidade corporal e facilita o aprendizado motor e funcional.

Somos uma das duas únicas clínicas de Curitiba habilitadas e autorizadas a trabalhar com o método.

Neuromodulação

Trata-se de uma técnica que realiza a aplicação ou indução de correntes elétricas no sistema nervoso de uma maneira não invasiva e completamente segura.

A Neuromodulação auxilia no diagnóstico e tratamento de diversos quadros clínicos, e por isso ganha destaque no mundo inteiro. Entre as técnicas de Neuromodulação cerebral, salientamos três:

Estimulação Transcraniana por Corrente Contínua (ETCC)

Técnica indolor que utiliza a corrente contínua de baixa intensidade (1-2mA) sobre o crânio, realizando modulação na atividade cerebral capaz de interferir no desempenho de diferentes funções.

Estimulação Magnética Transcraniana (EMT)

Trata-se de um método terapêutico para tratamento de distúrbios neurológicos e psiquiátricos que utiliza a indução eletromagnética para produção de correntes iônicas focais que interferem na atividade do córtex cerebral.

Eletroestimulação Periférica (EP)

Aplicação de correntes elétricas em músculos ou nervos com a finalidade de desenvolver a plasticidade neural de maneira seletiva, inibindo ou facilitando sua atividade.

PediaSuit

É um protocolo de tratamento intensivo que utiliza uma veste terapêutica (órtese dinâmica), desenvolvida por especialistas em medicina espacial. Eles criaram uma veste (suit) com ação de cargas, na tentativa de neutralizar os efeitos nocivos da ausência de gravidade sobre o corpo dos astronautas, tais como perda da densidade óssea, alteração da integração das respostas sensoriais, atrofia muscular, alteração da integração das respostas motoras, alterações cardiovasculares e desequilíbrios dos fluidos corporais.

Uma vez que essas também são características de pessoas com lesão neurológica, cientistas da reabilitação aperfeiçoaram o protocolo, trazendo a aplicação para a área da neurologia. O tratamento com o PediaSuit é diário (entre três e quatro horas por dia) e tem duração de aproximadamente quatro semanas por módulo.

TheraSuit

Assim como o PediaSuit, o TheraSuit é um protocolo de tratamento intensivo que utiliza uma órtese dinâmica, constituída por uma espécie de colete e cordas elásticas antialérgicas que são ajustadas de acordo com as necessidades do paciente.

O equipamento utiliza uma “gaiola” com polias e pesos, na qual se consegue realizar movimentos sem a ação da gravidade, o que se mostra muito útil para o fortalecimento muscular.

TheraTogs

É uma veste terapêutica neuromotora, postural e sensorial, que pode ser usada tanto nas sessões de fisioterapia como em casa, na escola e nas demais atividades rotineiras. O TheraTogs pode ser utilizado até 16 horas por dia, pois respeita os princípios biomecânicos da ciência neuromuscular, adaptando-se às necessidades clínicas de cada paciente.

O uso contínuo do TheraTogs traz diversos benefícios terapêuticos aos pacientes, como remodelamento ósseo e articular em bebês e crianças, consciência corporal, estabilidade postural e vivência sensório-motora.

Terapias ABA

A Análise do Comportamento Aplicada (Applied Behavior Analysis – ABA) é uma linha teórica da Psicologia (assim como a Psicanálise, Psicologia Cognitiva ou Psicodrama) que trabalha com comportamentos que podem ser observados e modificados. Basicamente, trabalhamos com os eventos antecedentes e consequentes do comportamento e em sua modificação.

Em relação ao método ABA, trabalhamos com os melhores profissionais habilitados para atendimento, inclusive sob a supervisão do Grupo Conduzir (BCBA) a cada dois meses. Nosso diferencial é que todos os nossos profissionais têm a formação específica em Análise do Comportamento.

Teacch

TEACCH é uma terapia de tratamento e educação para autistas e crianças com limitações relacionadas à comunicação. Ela pressupõe o entendimento do autismo como uma desordem do desenvolvimento, em que os pacientes sofrem de um específico déficit relacionado à compreensão do significado expresso na comunicação e na interação social.

Nessa terapia são utilizados estímulos visuais, corporais e audiocinestesicovisuais na busca de um desenvolvimento da comunicação, seja ela de forma oral ou alternativa. São exemplos de estímulos visuais as fotos, figuras e cartões. Já entre os estímulos corporais podemos citar os gestos ou o ato de apontar. E os estímulos audiocinestesicovisuais incluem sons, palavras, gestos associados a imagens etc. As atividades desenvolvidas são indicadas à criança por meio de objetos ou imagens, e não somente pela fala.

Floortime

Esse é um método de tratamento que leva em conta as particularidades da interação com a criança autista. É baseado na premissa de que a criança pode melhorar e construir um grande círculo de interesses, interagir com um adulto que se conecte com ela e a ajude a descobrir e usar sua força, independentemente do seu estágio de desenvolvimento.

No Floortime, os pais entram na brincadeira e seguem os comandos da própria criança em meio a uma atividade apreciada por ela. A partir dessa ligação, os pais ou o adulto envolvido na terapia são instruídos a passar para atividades de interação mais complexas, num processo conhecido como “abrindo e fechando círculos de comunicação”. O Floortime não enfoca os níveis de habilidade motoras, de fala ou cognitivas, enfatizando o desenvolvimento emocional. A intervenção é chamada Floortime porque os adultos vão para o chão, para interagir com a criança no mesmo nível e manter o contato visual (olho no olho).

Método Denver

A abordagem de tratamento para o autismo Early Start Denver Model (ESDM) reforça a importância da intervenção precoce, já que o período sugerido por seus desenvolvedores para a aplicação de suas técnicas vai dos 10 aos 48 meses de vida.

Preferencialmente, o tratamento com o Método Denver deve ser iniciado até os 36 meses. Aos três anos e meio, é recomendado que se busque outras intervenções.

O Modelo Denver é desenhado especificamente para crianças com rotinas sensorio-sociais e para realizar uma série de atividades no chão.

Nosso diferencial é que somos a única clínica em Curitiba com estimulação precoce para o tratamento do autismo pelo Método Denver.

Reabilitação Virtual

Por meio de jogos virtuais, o paciente é encorajado a realizar movimentos ativos que melhoram a autopercepção corporal e ajudam a diminuir a ansiedade.

Além disso, a Realidade Virtual estimula a atividade cerebral, reduz a rigidez articular e trabalha a coordenação motora e o equilíbrio. Vale ressaltar que esse tratamento é complementar e não deve substituir outras práticas terapêuticas.

Psicomotricidade Relacional

A psicomotricidade é a capacidade do indivíduo de se expressar por meio do movimento corporal, em um contexto psicossocial. Está baseada em três conceitos: o movimento, o intelecto e o afeto.

A Psicomotricidade Relacional parte de uma concepção unificada da pessoa, que inclui as interações cognitivas, sensório-motoras e psíquicas. Nessa terapia, o paciente é estimulado a realizar expressões corporais com o objetivo final de conviver melhor com outras pessoas.

Bobath

Tem o intuito de colaborar para que o paciente com distúrbios neurológicos possa modificar e corrigir sua postura corporal e seus movimentos anormais para que ele consiga se adaptar ao ambiente e realizar, com mais qualidade, suas atividades funcionais do dia a dia.

Nas sessões de Bobath são utilizados equipamentos como: bolas Bobath, rolos, andadores, prancha de equilíbrio próprio, talas extensoras de membros superiores e inferiores, órteses suropodálicas, stand in tables, espelho etc.

Bandagem Neurofuncional

Utilizada no mundo terapêutico, o Kinesiotape utiliza faixas adesivas elásticas que conferem mais apoio aos músculos e articulações, sem restringir seu movimento natural.

O tratamento estimula os receptores e permite que o paciente com desordem neuromotora tenha uma melhor percepção de seus movimentos. Também auxilia na contração muscular, ajuda na correção de desvios articulares, alivia a sensação de dor ou desconforto nos movimentos e aumenta o desempenho funcional.

Terapia Ocupacional

A Terapia Ocupacional consiste em exercícios específicos que são analisados, adaptados e direcionados para a capacidade motora de cada paciente, de forma que movimentos simples se tornem atividade terapêutica.

A Terapia Ocupacional tenta reorganizar a vida cotidiana do paciente concentrando-se nas Atividades de Vida Diária (AVDs) e nas Atividades Instrumentais de Vida Diária (AIVDs), para que ele alcance mais independência e, consequentemente, melhor qualidade de vida.

Reabilitação de membro superior/Terapia da mão

Essa terapia é específica para os membros superiores e consiste na realização de exercícios ativos e passivos para melhorar a amplitude dos movimentos, além de fortalecer e promover a reeducação muscular e a coordenação motora fina e aumentar a sensibilidade.

O tratamento pode ser corretivo ou preventivo, assegurando que os pacientes não desenvolvam doenças que possam comprometer os membros superiores.

Integração Sensorial

É um processo que faz com que o cérebro interprete e organize as informações externas recebidas pelos cinco sentidos e dê a elas uma resposta mais adequada. A disfunção sensorial se dá quando esses estímulos são interpretados de maneira equivocada pelo corpo, gerando problemas de ordem motora.

Na terapia de Integração Sensorial os sentidos são estimulados de maneira sistemática para que o sistema nervoso consiga processar com mais facilidade os estímulos sensoriais provenientes do ambiente e aprenda a reagir de maneira eficaz.

Terapia por Contensão Induzida (TCI)

Nessa terapia, que pode ser entendida como um treino mental e funcional, são realizados três tipos de atividades: treino repetitivo de tarefa orientada, restrição da extremidade do membro superior menos acometido e de métodos comportamentais de reforço.

Com essa contensão proposital, busca-se aumentar a frequência do uso e da qualidade do movimento do membro acometido nas atividades da vida diária. Essas atividades têm o objetivo de modificar hábitos, criando mudanças neuroplásticas nas áreas motoras do sistema nervoso.

Musicoterapia

Como o próprio nome diz, é uma terapia que se dá por meio da música e dos elementos que a constituem, como ritmo, melodia e harmonia. O objetivo é promover comunicação, relacionamento, aprendizado, mobilização, expressão, organização e outros objetivos terapêuticos relevantes que atendam às necessidades físicas, emocionais, mentais, sociais e cognitivas do paciente.

A musicoterapia é indicada para pessoas com dificuldades motoras, autistas, pacientes com deficiência mental, paralisia cerebral, dificuldades emocionais, pacientes psiquiátricos, gestantes e idosos.

Fonoterapia com eletroestimulação

A eletroestimulação é um recurso terapêutico em que se utiliza correntes elétricas padronizadas, com o objetivo de estimular as informações sensoriais e as respostas motoras do paciente, o que facilita a execução dos movimentos.

Essa terapia é realizada por fonoaudiólogos especializados por meio da colocação de eletrodos na pele sobre a musculatura orofacial, conforme a indicação do terapeuta. Os eletrodos são conectados a um aparelho gerador de corrente, selecionada conforme a necessidade do paciente.

Quando utilizada em combinação com a Fonoterapia, a eletroestimulação pode auxiliar no tratamento dos distúrbios da deglutição, voz, motricidade orofacial e praxias orais de pacientes de todas as idades, facilitando a movimentação dos músculos e até o ganho funcional.

CME

O método Cuevas Medek Exercises (CME) é indicado para crianças e reforça o potencial de recuperação natural. Mesmo quando a criança apresenta sequelas de lesões, seu processo de desenvolvimento continua.

Por isso, é necessário oferecer ao corpo as condições propícias para esse desenvolvimento. O método CME pode ser aplicado em crianças a partir de três meses de idade, até que elas comecem a andar sozinha.

Fonoterapia

Essa terapia cuida das funções neurovegetativas, como mastigação, deglutição, aspectos funcionais da respiração e da comunicação humana – considerada a função neurológica mais complexa do sistema nervoso.

Durante o tratamento de fonoterapia, são realizadas orientações, avaliações, diagnósticos e tratamentos na área da comunicação oral e escrita, voz, audição e equilíbrio e sistema nervoso.

Psicologia/Psicoterapia

A principal finalidade da Psicoterapia é cuidar de problemas psicológicos como depressão, ansiedade e outras alterações da saúde mental. É um processo que se dá por meio da fala do paciente ao terapeuta – que pode ser psicólogo ou psiquiatra. A psicoterapia é a principal linha de tratamento para qualquer assunto referente ao psiquismo.

A psicoterapia propõe intervenções psicológicas com o objetivo central de restabelecer o funcionamento psíquico do paciente, permitir que ele compreenda as causas do que vivencia e encontre recursos psíquicos para lidar com suas dificuldades, desenvolver meios de agir no mundo, redefinir seus traços de personalidade e solucionar problemas pontuais que o afligem.

Psicopedagogia

A Psicopedagogia consiste em um saber científico que une, principalmente, os conhecimentos da Psicologia e da Pedagogia. É uma área bastante multidisciplinar, abarcando também conhecimentos da neurologia, psicolinguística e antropologia, entre outras disciplinas.

O psicopedagogo busca entender a maneira como o ser humano assimila e processa as informações, construindo, assim, o conhecimento. Ele é responsável, portanto, pelo estudo dos processos do aprender humano em várias fases da vida, seja em crianças e adolescentes ou em adultos.

Pedagogia

A Pedagogia tem como objetivo principal a melhoria no processo de aprendizagem dos indivíduos, por meio da reflexão, sistematização e produção de conhecimentos.

No CERNE, crianças com necessidades especiais de aprendizagem recebem um atendimento individualizado com profissional capacitado, especialista em educação especial, educação inclusiva e Pedagogia Curativa, com experiência em adaptação curricular, noções de Braille e comunicação alternativa. O tratamento busca promover o acesso e o sucesso educativo, trazendo autonomia e estabilidade no aprendizado dos pacientes.

RTA

O Reequilíbrio Toracoabdominal (RTA) é um método de terapia manual global que tem por objetivo incentivar a ventilação pulmonar e promover a remoção de secreções pulmonares e das vias aéreas superiores por meio da reorganização do sinergismo muscular respiratório, algo que se perde quando há uma disfunção respiratória. Essa reorganização, no repouso e durante as atividades funcionais, possibilita a redução do esforço muscular ventilatório, melhora a ventilação e otimiza as atividades funcionais.

Durante o tratamento, é feito o manuseio dinâmico da região, orientado pela biomecânica respiratória normal e pela fisiopatologia das disfunções respiratórias. Trata-se de um conjunto de ações terapêuticas manuais, ajustes posturais e uso de artefatos para posicionamento adequado, de forma que o paciente recupere o sinergismo muscular ventilatório e a homeostase.

Fisioterapia Respiratória

A Fisioterapia Respiratória pode atuar tanto na prevenção quanto no tratamento das pneumopatias, utilizando diversas técnicas e procedimentos terapêuticos em ambulatório, hospital ou na forma de terapia intensiva. Tem o objetivo de estabelecer ou restabelecer um padrão respiratório funcional, no intuito de reduzir os gastos energéticos durante a respiração, capacitando o indivíduo a realizar as mais diferentes atividades de rotina sem causar grandes transtornos e repercussões negativas ao organismo. A reabilitação do paciente leva a uma melhora do músculo esquelético (diafragma), do metabolismo muscular e traz melhoria arteriovenosa.

É feito um amplo estudo do quadro patológico do paciente, além de uma criteriosa avaliação de suas condições clínicas, para se elaborar um plano de tratamento condizente com suas necessidades atuais.

Terapia Assistida por Animais (TAA)

A Terapia Assistida por Animais é uma técnica cientificamente comprovada e tem como objetivo específico utilizar o animal de estimação no contato entre humanos e animais.

A TAA é uma intervenção dirigida, com objetivos específicos para cada patologia e faixa etária, em que o animal de estimação especialmente treinado, com rígidos critérios de comportamento e saúde, é parte integrante do processo de tratamento. As atividades podem ser individualizadas ou grupais, com periodicidade semanal ou quinzenal, geralmente em intervalos definidos. São projetadas para promover a melhoria da saúde física, social, emocional e o funcionamento cognitivo (pensamento e habilidades intelectuais) dos assistidos e pacientes.

Estimulação Visual

Um dos sentidos mais importantes no processo de desenvolvimento físico e cognitivo normal da criança é a visão, sendo que uma deficiência nessa área pode, na maioria das vezes, comprometer o desenvolvimento neuropsicomotor devido à privação de certos estímulos.

Na terapia com estimulação visual, a criança com baixa visão trabalha a habilidade para o uso da visão residual em diferentes tarefas, com o intuito de aproximá-la do padrão normal do desenvolvimento neuropsicomotor. Recursos lúdicos são muito utilizados como estímulos nessa terapia.